Viagem

Olivoturismo: Como explorar o ouro líquido em Portugal

Bottle of Olive Oil that illustrates the guide for olive oil tourism in Portugal

Além dos vinhos, bacalhau e doces à base de ovos, Portugal também é muito conhecido pela qualidade de seus azeites, sendo o sexto maior produtor mundial. 

O azeite é primordial na culinária portuguesa e tem conquistado espaço no país como objeto de turismo (olivoturismo), um tipo de atividade de turismo gastronômico, onde é possível conhecer o cultivo de oliveiras, o processo de fabricação e claro, degustar o “ouro líquido português”.

Confira algumas dicas para vivenciar e provar os melhores azeites de Portugal neste mini guia para a sua viagem.

História do Azeite em Portugal 

A história do Azeite em Portugal é muito antiga – no Código Visigótico do ano de 560 D.C já havia multa para quem arrancasse oliveiras alheias (o povo visigodo ocupou a península ibérica entre o século V e VIII). 

Porém foram os árabes que intensificaram o cultivo das oliveiras durante sua ocupação no século VIII, tanto que a palavra Azeite possui origem árabe (a palavra veio de az-zait que significa sumo de azeitona).

No século XIII o azeite português já era exportado para outros países. O produto era tão importante na alimentação do povo português que em 1555, o Rei D. João III estabeleceu que o produto não era passível de taxação de impostos, assim como o pão e vinho. 

Tradições de uma cozinha portuguesa regada a azeite

Enraizado na culinária e conhecido por seus benefícios à saúde, o azeite é utilizado como tempero (cru) ou para cozinhar, fritar ou confitar alimentos.

Mas em Portugal o azeite vai além e vira ingrediente essencial em muitos pratos tradicionais do país, sem ele não há arroz de pato, nem cozido à portuguesa, quem dirá os muitos pratos com bacalhau

Por sinal, um dos pratos mais icônicos de Portugal, o Bacalhau à Lagareiro, já estampa a importância do azeite no seu nome (o termo Lagareiro vem de lagar, local onde as azeitonas são espremidas para a produção de azeite). 

Uma fatia de pão com azeite português
Pão português com azeite | © membio

Tipos de azeites portugueses – principais regiões produtoras 

A região do Alentejo é a maior região produtora de azeite em Portugal e concentra 70% da produção nacional. Três das seis zonas de produção de azeite que possuem Denominação de Origem Protegida (DOP) em Portugal ficam nesta região. As variedades de azeitona mais típicas no Alentejo são a galega e a cobrançosa.

Outra região de destaque é a de Trás-os-Montes, situada no norte de Portugal e conhecida por seus belos vales, que também possui um azeite DOP. Nesta região as variedades de azeitona mais utilizadas são a verdeal e madural. 

Os Azeites DOP de Portugal

  • Azeite de Moura DOP
  • Azeite de Trás-os-Montes DOP
  • Azeite do Alentejo Interior DOP
  • Azeites da Beira Interior (Azeite da Beira Alta, Azeite da Beira Baixa) DOP
  • Azeites do Norte Alentejano DOP
  • Azeites do Ribatejo DOP

Como explorar o Turismo de Azeite em Portugal na sua próxima viagem 

Portugal oferece muitas opções de olivoturismo, o país não é extenso mas sua geografia é rica e diversa, por isso é possível conhecer azeites de diferentes terroirs numa única viagem. Aliás, muitas vezes onde há produção de azeite, também há produção de vinhos – combinação de interesses perfeita para o viajante gastronômico.

A melhor maneira para conhecer mais sobre o azeite é seguir as rotas de Azeite das regiões DOP: a Rota do Azeite do Alentejo, a Rota do Azeite em Trás-os-Montes, ou ainda conhecer as plantações da região do Algarve, onde se encontram as oliveiras mais antigas do país.

Em cada uma dessas rotas é possível:

Visitar produtores de azeite e apreciar a paisagem das oliveiras

Visitas e tours para conhecer as diferenças entre os cultivos e métodos de fabricação, alguns locais também organizam experiências para colher as azeitonas. Fique atento nas datas, a colheita ocorre somente no período entre Setembro e Novembro.

Opções de produtores de azeite para visitar:

Aprender a degustar e harmonizar o azeite 

Em geral, os produtores também oferecem sessões de degustação para quem tiver interesse. As degustações são feitas com o azeite puro. Através das orientações dos especialistas você vai conseguir identificar a acidez, picância e os aromas de cada uma deles.

Visitar Museus do Azeite 

Para quem gosta de museus não deixe de conferir no Alentejo o Museu do Azeite de Moura e Museu do Azeite de Belmonte, ou o Museu da Oliveira e do Azeite de Mirandela em Trás-os-Montes.

Tratamentos de Beleza com Azeite

Em Évora, os luxuosos Convento Espinheiro Hotel e Spa e o Évora Olive Hotel oferecem tratamentos de beleza com azeite. A cidade de Mirandela, também é conhecida pelos seus tratamentos de oleoterapia.

Comer uma Tiborna

Para fechar a lista, tiborna é um aperitivo feito com pão quente embebido em azeite, um autêntico ritual de degustação para finalizar sua viagem pelos azeites de Portugal.

Similar Posts