5 experiências gastronômicas incríveis em Portugal

quartos de hotel na vinícola pacheca em forma de barris de vinho

Poucos países europeus têm tantas experiências para os amantes de gastronomia como Portugal. Se ficar hospedado em cidades grandes, tem a chance de provar receitas de alguns dos chefs mais renomados do mundo. Se decidir rumar para o interior, pode viver uma imersão em tradições culinárias únicas, além de ter à disposição uma infinidade de vinícolas para conhecer. 

Caso queira passar uns dias no litoral, terá a chance de provar mil e um preparos de peixes e frutos do mar. Na dúvida, escolha viver todas elas. A seguir, descubra experiências gastronômicas em Portugal que vão te conquistar pela autenticidade (e pelo estômago).

a plate in a tasquinha traditional Portuguese restaurant

Comer nas tascas tradicionais

Para viver a cena gastronômica portuguesa como um local, não deixe de conhecer as tascas. Elas são pequenos restaurantes que servem comida típica, farta e a preço justo, como manda a tradição. Ainda que algumas já tenham ganhado um toque de modernidade, a grande maioria preserva a decoração original e a simpatia no atendimento. 

Espere encontrar pratos tradicionais portugueses e vinhos de qualidade, quase sempre pagando pouco por isso. Não se deixe levar pelas aparências: na dúvida, pergunte sempre a um morador local ou ao staff do hotel quais são os melhores endereços da cidade. 

Provar bacalhau feito de mil maneiras

codfish ready to cook for a traditional portuguese dish
Bacalhau | © CarlosAndreSantos

O grande clássico da gastronomia portuguesa é também um de seus ingredientes mais versáteis. Reza a lenda que em Portugal há mais de mil maneiras de preparar um bacalhau. Se quiser mergulhar na culinária do país, pelo menos algumas das versões não pode deixar de provar. 

Experimente-o cozido, na brasa, em postas, desfiado, acompanhado de batatas, vegetais, ovos, azeitonas… Algumas das receitas mais populares são o Bacalhau à lagareiro, o Bacalhau à Brás, Bacalhau à Gomes de Sá e o Bacalhau com Natas.

Leia mais: Os 10 Principais Pratos Com Bacalhau da Culinária Portuguesa

Explorar vinícolas incríveis e dormir em um barril 

De Norte a Sul, Portugal é um prato cheio para os amantes de vinho. O Alentejo e o Douro são as regiões onde ficam o maior número de vinícolas que abrem as portas para os turistas. Lá os visitantes podem conhecer as plantações, as adegas, fazer tours, participar de degustações e até viver a experiência de dormir e acordar com vista para o parreiral. 

No Quinta da Pacheca, em Lamego, por exemplo, a hospedagem é levada a um outro patamar: os hóspedes podem pernoitar em quartos que reproduzem o formato de um barril de vinho. 

Confira os Melhores Hotéis Vinícolas de Portugal

quartos de hotel na vinícola pacheca em forma de barris de vinho
© Quinta da Pacheca

Degustar o vinho verde, único no mundo

O nome não tem nada a ver com a cor da bebida: o vinho verde pode ser rosé, tinto, branco… Na verdade, ele é chamado assim por ser produzido em uma região específica no noroeste do país, chamada Vinhos Verdes, que se estende das margens do rio Minho até o Rio Douro. A região demarcada (DOC) dos vinhos verdes é a maior de Portugal e uma das maiores da Europa.

two glasses of green wine
Vinhos | ©  rostislavsedlacek

Por isso, não tem jeito: se quiser degustar o vinho verde direto da fonte, você precisa necessariamente ir a Portugal. As castas do vinho verde são nativas da região e por isso nenhum outro lugar do mundo pode se dar ao luxo de oferecer essa experiência. Vá preparado para provar rótulos leves, frescos e frutados. Para visitar a região do vinho verde, você pode fazer um tour com bate-volta do Porto.

Aprender a fazer pastel de nata

Essa é clássica: não há um só turista que vá a Portugal e passe ileso pelos tradicionais pastéis de nata. A receita que virou símbolo do país é daquelas que não dá para deixar de provar. A boa notícia é que, para quem quiser ir além, há opções de cursos que ensinam como fazer o quitute. 

Algumas pastelarias oferecem aulas no próprio local para quem quer colocar a mão na massa e aprender na prática como preparar a receita tradicional. Oportunidade imperdível!

Similar Posts