Turismo Rural, o sabor da vida campestre no seu roteiro de viagem

Parte inferior do corpo de uma mulher em uma fazenda com um balde cheio de vegetais colhidos, fazendo turismo rural em uma fazenda

Acordar com o canto dos pássaros e aquele cheirinho de terra molhada. Fazer trilhas que culminam com um banho de cachoeira. Observar a produção de vinhos, queijos e geleias. Descer as corredeiras de um rio ou fazer travessia na copa das árvores. Essas são algumas das muitas possibilidades do Turismo Rural ou Agroturismo, um segmento em ascensão e tendência turística para os próximos anos.

O que é Turismo Rural

No Brasil, o Ministério do Turismo define o Turismo Rural como o conjunto de “atividades turísticas desenvolvidas no meio rural, comprometido com a produção agropecuária, agregando valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade”.

Por isso, esse tipo de turismo é muito abrangente, incluindo atividades que vão desde a oferta de hospedagens em hotéis-fazenda (hotéis-rurais) à passeios por trilhas na natureza, ou até mesmo a participação em processos de ordenha e colheita de frutas. 

As atividades de turismo rural proporcionam uma maior conexão com a natureza e vivências com culturas distintas do meio urbano. Essa interação com a vida campesina torna o segmento também conhecido como Agroturismo.

Exemplos de Atividades do Turismo Rural

É importante esclarecer que as atividades consideradas como turismo rural podem também fazer parte de outras segmentações do setor, como o turismo gastronômico, enoturismo, ecoturismo, turismo de aventura, etc.

  • Hospedagens em meio rural (hotéis-fazenda, pousadas, campings, etc.);
  • Café colonial e refeições típicas com produtos frescos;
  • Sessões de degustação com produtos feitos na propriedade e arredores;
  • Oficinas de fabricação artesanal de queijos, geléias, etc.;
  • Colheita de frutas e outros alimentos;
  • Visitas à hortas, pomares e vinhedos;
  • Picnic no campo com produtos da região;
  • Passeios a cavalo, carroça, etc;
  • Alimentação e cuidados com animais;
  • Ordenha e outras atividades pecuárias;
  • Trilhas e caminhadas pela natureza;
  • Rafting, arvorismo e outros práticas de esporte de aventura; 
  • Museu com itens históricos da propriedade e região;
  • Atividades pedagógicas para grupos escolares, etc;
  • Pescaria;
  • Oficinas profissionais sobre técnicas agrícolas (agrofloresta, permacultura, cultivo orgânico, etc.);
  • Almoços com o conceito “Da colheita à mesa” (em inglês Farm-to-table);
  • Eventos Gastronômicos no campo;
  • Festivais de Artes e Culturais, etc.

A lista não para por aí, só depende da criatividade e da estrutura física do local. O essencial é que a atividade valorize a Ruralidade e a Natureza. 

Saiba mais sobre outros tipos de atividades de turismo gastronômico

Para quem é o Turismo Rural

O cardápio de atividades de Turismo Rural é farto e variado. Independente do perfil do viajante, não faltam opções de lazer. 

Para famílias com crianças, hotéis-fazendas combinam a comodidade da hospedagem com atividades recreativas. No mesmo local, é possível passear de cavalo, ordenhar vacas, visitar hortas etc.

Quem quer desacelerar, a pedida são atividades relaxantes e contemplativas. Entre elas, uma caminhada com baixo grau de dificuldade, um banho de cachoeira ou de rio. 

Há também opções para quem busca uma imersão completa na cultura de povos tradicionais e comunidades locais, geralmente em zonas rurais, como é o caso do turismo de base comunitária.

Se você é daqueles que a comida é sempre uma motivação extra na escolha dos seus passeios e viagens, o turismo rural vai super de encontro com uma viagem gastronômica. Você pode planejar desde visita às vinícolas, a produção e degustação de azeite, queijos, frutas e outros produtos agrícolas.

Leia mais: Como Planejar uma Viagem Gastronômica

Mas se estiver em busca de adrenalina, sozinho ou acompanhado, tem que incluir trilhas e esportes de aventura no seu roteiro. Entre as possibilidades: rafting, arvorismo, rapel, trilhas de moto ou veículos 4×4.

Por fim, há ainda aquelas pessoas em busca de qualidade de vida e veem no Turismo Rural uma espécie de test-drive para avaliar se irão se adaptar a esse estilo de vida. 

Por que fazer Turismo Rural

Geralmente, quando as pessoas viajam para destinos rurais buscam relaxamento e uma conexão maior com a natureza. O interessante é que depois de vivenciar essas experiências, elas tendem a retornar para suas rotinas urbanas com uma nova perspectiva em relação ao seu cotidiano e maior consciência ambiental. 

Para os empreendedores e produtores locais, o Turismo Rural diversifica as possibilidades de emprego e renda para a comunidade. Além disso, contribui para a valorização do patrimônio cultural e natural dos destinos turísticos. Mais amplamente, favorece o desenvolvimento do interior e, consequentemente, reduz o êxodo rural.

Como planejar e fazer Turismo Rural

Se você já decidiu vivenciar uma experiência de Turismo Rural, é provável que deve estar se perguntando: e agora, como faço meu planejamento?  Segue algumas dicas para te ajudar!

Em primeiro lugar, é importante se organizar com um mínimo de antecedência pois muitas propriedades rurais exigem que você faça algum tipo de reserva ou aviso de visita. Defina que tipo de atividade tem interesse e o quão distante está disposto a viajar, incluindo o meio de transporte necessário.

Além disso, é preciso estar atentos à algumas particularidades desse segmento:

  • Alguns tipos de hospedagem, como campings e fazendas, têm uma dinâmica diferente dos hotéis. Informe-se sobre horários, serviços e condições do lugar;
  • Procure saber se existem outros tipos de estabelecimentos nas proximidades como mercadinhos, restaurantes, farmácias e outros serviços;
  • Confira se é possível fazer trilhas e acessar cachoeiras por conta própria;
  • Leve roupas, sapatos e acessórios apropriados para cada atividade;
  • Carregue consigo um saquinho para colocar seu lixo, principalmente, nos passeios ao ar livre;

No mais, é só aproveitar ao máximo as possibilidades e potencialidades do Turismo Rural.