O Feijão Tropeiro é um prato típico do Brasil feito principalmente com feijão, carne seca, toucinho e farinha de mandioca ou milho. Muito popular nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, o feijão tropeiro é um prato que representa a miscigenação da cultura gastronômica brasileira com referências da culinária indígena, africana e portuguesa dentro de um contexto nômade conhecido como Tropeirismo.

prato com feijão tropeiro mineiro
Feijão Tropeiro

Qual a origem do Feijão Tropeiro?

Pode se dizer que o feijão tropeiro é um prato originário de um movimento e não de uma região específica. Este movimento se chama Tropeirismo e se resume à atividade comercial realizada pelos Tropeiros, que eram carregadores de mulas, gados, cavalos e comerciantes, que atuavam principalmente entre as regiões centro-oeste e sudeste do Brasil durante os séculos XVII e XX.

Neste período, principalmente entre os séculos XVII e XVIII, a culinária brasileira sofria forte influência de três culturas: indígena, portuguesa e africana. Foi daí que veio a combinação da farinha de mandioca com o feijão.

Para facilitar o transporte de alimentos, os tropeiros costumavam carregar ingredientes secos e não perecíveis, como farinha de mandioca, farinha de milho, feijão, toucinho, charque, sal e café. Esses ingredientes formavam a base da dieta dos tropeiros. Os mantimentos e utensílios de preparo eram carregados dentro das bruacas que eram caixas de couro presas nas cangaias dos animais de transporte.

Assim surgiu o feijão tropeiro, uma maneira prática e nutritiva de preparar alimentos secos e duráveis, capazes de suportar as longas jornadas dos Tropeiros. O prato ganhou popularidade nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás e hoje é considerada comida típica em muitas cidades dessa região.

Principais Ingredientes

Tradicionalmente, os principais ingredientes do Feijão Tropeiro são:

  • feijão;
  • carne seca;
  • toucinho;
  • farinha de mandioca ou de milho;
  • sal.

O feijão, a farinha e o toucinho são os ingredientes base do feijão tropeiro tradicional e raramente eram deixados de fora, porém o tipo de carne, a farinha e os acompanhamentos poderiam variar conforme a disponibilidade local. Ocasionalmente a farinha de mandioca era substituída pela farinha de milho, já a carne, variava entre porco e gado e a linguiça. Quando disponível também eram adicionados a couve picada, ovos, alhos, cebola e outros temperos.

feijão tropeiro na panela

Quer aprender uma receita deliciosa? Confira no link abaixo!


PLANEJE SUA PRÓXIMA VIAGEM

Nota: Alguns links podem ser links afiliados. Se você comprar produtos através deles, nós receberemos uma pequena comissão que apoiará a manutenção do site Food’n Road sem nenhum custo adicional para você.

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments