O sabor do Brasil: 15 Pratos Típicos do país

uma tradicional feijoada brasileira com acompanhamentos incluindo couve, arroz, carne de porco, feijão e rodelas de laranja - pratos típicos do brasil

O Brasil possui uma vasta diversidade de biomas e climas, além da influência de várias culturas como a indígena, a africana e a europeia. Essa riqueza geográfica e cultural transparece na variedade de comidas típicas existentes no país – de A de Acarajé à X de Xerém de Galinha.

Com toda essa diversidade, muitos pratos típicos do Brasil aproveitam ao máximo ingredientes locais. Uma questão interessante é que várias receitas brasileiras, hoje consideradas iguarias, foram criadas para evitar o desperdício de ingredientes ou são adaptações de pratos levados por imigrantes, mas feitos com ingredientes regionais (o que muitas vezes tornaram o prato até melhor que o original!). 

De Norte a Sul: 15 pratos típicos do Brasil

A clássica dupla “Arroz e Feijão” e produtos derivados da mandioca contemplam grande parte da base alimentar no país, mas a comida tradicional brasileira vai muito além…

Confira alguns exemplos nessa lista que preparamos com os principais pratos típicos de cada região do Brasil. Estão servidos?

Feijoada

Quarta e Sábado são dias consagrados de Feijoada para os brasileiros! Sua origem ainda é muito discutida, porém supõe-se que o prato seja uma adaptação do Cozido Português, já que esse tipo de receita era bem comum na Europa (como o Puchero na Espanha e o Cassoulet na França). A versão brasileira é feita com feijão preto, diversos cortes de carnes suínas e bovinas, cebola e alho, sendo “religiosamente” acompanhada por arroz, couve refogada, farofa, torresmo, laranja e vinagrete.

uma tradicional feijoada brasileira com acompanhamentos incluindo couve, arroz, carne de porco, feijão e rodelas de laranja
Feijoada | © klebercordeiro

Moqueca

A moqueca é um dos pratos mais conhecidos no Brasil, sua origem ainda é motivo de muita disputa entre baianos e capixabas. As receitas mais comuns utilizam peixes e crustáceos, como camarão, siri e lagosta e tradicionalmente são feitas em panelas de barro. 

Diferença entre a Moqueca Baiana e a Moqueca capixaba

A moqueca baiana é feita com pimentão, leite de coco e dendê, enquanto a moqueca capixaba utiliza óleo de urucum (que dá a cor avermelhada) ao invés de dendê, além de ser menos apimentada.

moqueca na panela de barro tradicional caldeirada de peixe e frutos do mar prato típico da Bahia e Espírito Santo
Moqueca | © FernandoPodolski

Acarajé

Um programa obrigatório para quem vai para Salvador é comer Acarajé. O prato tem origem africana, a palavra Acarajé se origina do idioma iorubá: Àkàrà significa bola de fogo e Je significa comer. Trata-se de um bolinho feito com feijão fradinho, frito no azeite de dendê e recheado com camarão, vatapá (feito com camarão seco, leite de coco, amendoim e azeite de dendê), caruru (cozido de quiabo que também leva camarão) e molho de pimenta. A iguaria é tipicamente vendida pelas baianas do acarajé, vestidas com roupas tradicionais. 

Curiosidade: O Ofício das Baianas de Acarajé foi reconhecido como Patrimônio Nacional e inscrito no Livro dos Saberes em 2005 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Acarajé da Bahia, uma iguaria da culinária nordestina
Acarajé | © Diego Patury

Pato no Tucupi

O Pato no Tucupi é um prato típico do Pará e leva ingredientes regionais como o tucupi (caldo amarelo extraído da raiz da mandioca brava, técnica da sabedoria indígena) e a folha de jambu, que causa uma leve dormência na boca quando consumida. Uma tradição paraense é comer o Pato no Tucupi no dia do Círio de Nazaré, festa religiosa que ocorre em Belém no mês de outubro.

pato no tucupi é um prato típico do Pará e Norte do Brasil
Pato no Tucupi | © DanGudolle

Tacacá

O Tacacá é um prato tradicional da região amazônica e é uma famosa comida de rua nos estados do Pará e Amazonas. A iguaria também é feita com tucupi e jambu, com adição de camarões secos, chicória, goma de tapioca (em tupi guarani Tacacá significa goma), além de vários temperos como pimenta de cheiro, alho e cheiro verde. Mesmo nos dias de calor o caldo encorpado é consumido bem quente. 

tacaca é um caldo muito tradicional da região do Pará e Amazonas, culinária do norte do Brasil
Tacacá | © Beto_Junior

Baião de Dois

Originado no Ceará, um dos pratos nordestinos mais famosos no Brasil é o Baião de Dois, uma combinação imbatível de arroz com feijão, que pode ser o verde, o fradinho ou o de corda. Na receita, o arroz é preparado no caldo de feijão já cozido, sendo uma ótima forma de utilizar sobras de feijão. Os ingredientes podem variar conforme a região, sendo os mais comuns toucinho, carne seca, queijo coalho, coentro e cebolinha. 

prato de baiao de dois receita típica da culinária cearense e nordestina
Baião de Dois | © Luiz Mendes

Arroz com Pequi

O Arroz com Pequi é um prato tradicional da culinária goiana, onde o ingrediente principal é o Pequi, um fruto com polpa de cor amarelada e bem aromático nativo do cerrado. Nessa receita, o fruto pode ser utilizado em lascas ou inteiro – deve-se tomar cuidado com os espinhos presentes em seu caroço (em tupi guarani Pequi significa pele espinhosa).

prato de arroz com pequi, fruta tradicional do cerrado brasileiro
Arroz com Pequi | © trindade51

Arroz Carreteiro

O prato foi originado no Rio Grande do Sul e possui esse nome porque a receita era feita por carreteiros que levavam em suas viagens arroz, charque (parecido com a carne de sol, porém com maior teor de sal), cebola, sal e claro, a panela de ferro. Atualmente o carreteiro também pode ser feito com carne moída e sobras de churrasco, sendo uma ótima forma de evitar desperdício. 

Os pratos com arroz não param por aqui! Confira nossa lista com os pratos de arroz mais famosos mundo.

arroz carreteiro feito com arroz e carne prato típico do sul do Brasil
Arroz Carreteiro | © Tiago Francisco

Feijão Tropeiro

Assim como o arroz carreteiro, o Feijão Tropeiro também foi um prato de “nômades”, já que era consumido pelos condutores de tropas de cavalos ou mulas durante os séculos XVIII e XX, chamados de Tropeiros. Os principais ingredientes da receita de Feijão de Tropeiro são feijão, carne seca, toucinho, farinha de mandioca ou milho e sal, todos fáceis de serem levados pelos viajantes durante suas longas jornadas. O Feijão Tropeiro é muito popular nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

prato feijao tropeiro contendo farofa, linguiça, bacon, feijão e outros ingredientes típicos do Brasil
Feijão Tropeiro | © Alleko

Paçoca de Carne Seca

A Paçoca de Carne Seca possui influência indígena que costumavam fazer paçoca socando farinha de mandioca em um pilão (em tupi guarani a palavra significa “esmigalhar”). Os tropeiros também ajudaram a difundir o consumo da paçoca, afinal, o preparo não estragava durante as longas viagens. Os ingredientes básicos são farinha de mandioca e carne seca, além de ingredientes adicionais que variam conforme a região (ex: coentro e manteiga de garrafa no nordeste; pinhão na região sul).

Barreado

O Barreado é um prato tradicional do litoral paranaense (Morretes, Antonina e Paranaguá) feito com carne bovina, bacon, cebola, alho e vários temperos como louro, cheiro verde, cominho e pimenta do reino. O nome vem da expressão “barrear a panela” que significa vedar a panela de barro com farinha de mandioca para impedir a saída de vapor pela tampa. A carne é cozida por várias horas em fogo baixo, o que a torna extremamente macia e com um caldo bem encorpado. O barreado é servido com arroz, farinha de mandioca e banana (frita ou crua).

uma panela com barreado um prato tradicional do sudeste do Brasil no Estado do Paraná
Barreado | © vbacarin

Galinhada

A galinhada, comida típica dos estados de Minas Gerais e Goiás, é uma herança da época dos bandeirantes no século XVII. Esse prato “raiz” e confortante (até utilizado para combater ressaca) consiste basicamente em arroz e frango. Na versão mineira utiliza-se pedaços de frango, pimentão e cheiro verde, enquanto a versão goiana é feita com cortes de frango (ex: coxa e sobrecoxa), pequi e guariroba, um tipo de palmito.

Galinhada Recipe - How to make the best Brazilian chicken and rice dish
Galinhada | © Food’n Road

Frango ao molho pardo

Uma das comidas mais famosas da gastronomia mineira é o Frango ao molho pardo, prato famoso da culinária portuguesa que foi adaptado no Brasil pelos colonizadores (em Portugal chama-se Galinha à Cabidela). Na iguaria o frango é refogado e posteriormente coberto com o molho pardo, feito com sangue do frango (como atualmente é difícil obter sangue uma opção é substituí-lo por vinho tinto), vinagre , tomate e pimentão.

um prato típico mineiro de frango a molho parto do cantinho da dalva em Diamantina
Frango ao molho pardo | © Food’n Road

Virado à Paulista

O Virado à Paulista é tradicionalmente servido nas segundas-feiras e declarado patrimônio imaterial no estado de São Paulo. A relevância do prato vem desde o século XVII, servindo de alimentação para os bandeirantes durante suas expedições. A receita  era uma combinação de feijão, carne seca, toucinho e farinha de milho, sendo atualmente acompanhado por arroz, bisteca de porco, couve, banana frita e ovo frito. O Virado à Paulista é parecido com o Tutu mineiro, porém o tutu é feito com feijão moído enquanto o Virado é feito com grãos inteiros.

prato com virado à paulista contendo arroz, bisteca, couve e outros ingredientes, comida típica de São Paulo
Virado à Paulista | © Flavia Novais

Camarão na Moranga

Responda rápido, diga uma comida de festa? Certamente um dos pratos mais lembrados será o Camarão na Moranga. O prato foi inventado em Ubatuba, cidade no litoral de São Paulo, e consiste num molho feito com camarões, creme de leite, vários temperos e requeijão, sendo que algumas variações da receita levam até vinho branco. O molho é servido dentro de uma moranga (sem as sementes) assada ou cozida. 

camarão na moranga prato típico de Ubatuba Brasil
Camarão na Moranga | © Paul_Brighton

Similar Posts