Na cozinha da Indonésia, você encontra uma imensa variedade de sabores e ingredientes tropicais. Receitas com forte influência indígena, mas também pratos com influência muçulmana (é o país com maior população muçulmana), Chinesa, Indiana, Polinésia e outras regiões próximas. Cada ilha da Indonésia é um mundo de sabores a ser explorado, e não estamos falando de poucas ilhas, a Indonésia compõem o maior arquipélago do mundo com um total de 17 mil ilhas, sendo aproximadamente 6 mil ilhas habitadas.

Aproveite nosso guia com mais de 30 pratos típicos da Indonésia e nikmati makananmu! (Bom Apetite!)

Pratos Típicos da Indonésia

Tempeh

O Tempeh é uma das maravilhas da cozinha tradicional da Indonésia. Um ingrediente bem único do país feito através da fermentação de grãos de soja em folhas de bananeira. O sabor lembra nozes e cogumelos. Pode ser consumido de qualquer maneira, até mesmo in natura, sendo o mais comum frito com temperos. O tempeh é uma excelente opção para pratos vegetarianos e veganos, além de probiótico, é rico em proteínas e em fibras.

Tempeh é uma comida fermentada típica da Indonésia feita com soja e levedura
Tempeh

Tempeh Orek

O Tempeh Orek se parece com o pé-de-moleque brasileiro mas a semelhança pára por aí. Super comum na Indonésia, o Tempeh Orek é tempeh frito, geralmente cortado em pedaços pequenos, em um molho chamado Kecap Manis, que consiste em uma calda de soja adocicada feita com vários ingredientes como pimenta, cebola, alho, suco de tamarindo e folhas de limão Kaffir, árvore nativa da Indonésia.

Tempeh Orek feito com tempe da Indonésia
Tempeh Orek

Pecel

Típico da ilha de Java, o Pecel é um molho de amendoim utilizado em saladas, que podem ser servidas com arroz. O molho é feito com pasta de amendoim e vários temperos como pimenta, alho, folhas de limão Kaffir, açúcar, galangal (conhecido como gengibre tailandês) e pasta de camarão.

um pedaço de pecel para fazer molho de amendoim para salada
Ingrediente base para o molho Pecel

Salada Pecel

A salada Pecel é um prato bem saudável e refrescante, composta por brotos de feijão e vegetais de “vários tons de verde” cozidos como espinafre, endívia, vagem, repolho e pepino, temperados com o molho Pecel.

salada com molho de amendoim pecel típico de Java na Indonésia
Salada Pecel

Gado Gado

Em bahasa (idioma oficial da Indonésia) gado-gado significa “mistura”, já que são utilizados vários tipos de vegetais cozidos – broto de feijão, espinafre, vagem, repolho, chayote (uma espécie de pepino) e melão de São Caetano, além de batata, tofu, ovos cozidos e tempeh, com um molho de amendoim como acompanhamento. O molho do Gado Gado é diferente do Pecel pois possui leite de coco como ingrediente.

salada da Indonésia gado gado
Gado Gado

Urab Sayur

receita da salada de coco da Indonésia
Urab Sayur

Urab Sayur é uma salada típica de Bali feita com vegetais cozidos (ex: espinafre, brotos de feijão, cenoura e vagem), salpicados com coco ralado fresco e Sambal. Pode ser servido como acompanhamento de carnes ou somente com arroz, sendo uma ótima opção vegetariana.

Sambal

Sambal é um molho à base de pimenta (geralmente pimenta malagueta vermelha) que serve como base para inúmeras receitas (ex: sambal terasi, prato feito com o sambal e pasta de camarão fermentado; sambal kacang, feito com sambal e amendoins fritos). Uma maneira tradicional de fazer o sambal é moer as pimentas em uma pedra (chamada de cobek em bahasa) utilizando um pilão (ulekan), essa técnica deixa o molho bem encorpado e picante.

molho de pimenta típico da Indonésia
Sambal

Sambal Mangga

Como diz o nome, o prato consiste em mangas quase maduras cortadas em tirinhas finas cobertas com sambal (além das pimentas, o molho possui pasta de camarão e um pouco de caldo de limão). Um ótimo acompanhamento para peixes e camarões grelhados.

Salada de manga com molho de pimenta sambal da Indonésia
Sambal Mangga

Sambal Terung

Terung significa berinjela em bahasa – esse prato consiste em berinjelas fritas cobertas com sambal feito com pimentas bem potentes (malagueta e olho de pássaro), alho, pasta de camarão, açúcar e sal.

Prato vegetariano da Indonésia de berinjela com molho de pimenta sambal
Sambal Terung

Satay

Satay são espetinhos (podem ser de frango, cordeiro, carne bovina e miúdos, peixes e vieiras) cobertos com molho, geralmente feito com soja e molho de amendoim.

É um prato muito popular em toda Indonésia e cada região do país possui seus sates típicos. Um exemplo é o Sate padang, originado de Padang (cidade localizada na ilha de Sumatra) que consiste em um espetinho feito de carne ou língua bovina servidos em um molho espesso feito com farinha de arroz e especiarias como cúrcuma, gengibre, curry, coentro, cominho e galangal.

espetinho de frango do Sudeste Asiático
Satay

Sate Usus

Se você quer provar algum espetinho mais exótico experimente o Sate Usus, feito com intestino de frango (o intestino é cozido depois frito), um aperitivo que geralmente acompanha o bubur ayam (mingau de arroz), uma comida de rua bem famosa na Indonésia.

espetinho típico da Indonésia de intestino de galinha
Satay Usus

Beef Rendang

Esse prato indonésio já ganhou o título de melhor comida do mundo. O Beef Rendang é típico da região de Minangkabau, oeste da ilha de Sumatra na Indonésia. Trata-se de uma carne bovina cozida por um longo período com um molho super aromático feito com leite de coco, canela, cardamomo, anis estrelado, capim limão, alho, gengibre e galangal. Muito popular em toda a Indonésia, o Beef Rendang é também super apreciado na Malásia.

Leia também: Lista de comidas típicas da Malásia

um prato com beef randang que é uma das comidas mais famosas e típicas da Indonésia
Beef Rendang com Lemang

Nasi Goreng

O Nasi Goreng possui o status de comida nacional da Indonésia (assim como o Pad Thai possui na Tailândia). Nasi Goreng significa arroz frito, sendo que a receita foi inventada com a finalidade de reaproveitar sobras de arroz cozido. O prato é feito com arroz, molho de soja, alho, pimenta, gengibre e chalota (uma espécie de cebola) com um ovo frito por cima e krupuk (um chips indonésio que será descrito a seguir).

nasi goreng, arroz frito acompanhado com molho de tomate e pimenta
Nasi Goreng

Nasi Campur

Nasi Campur (arroz misturado) é um prato bem popular que consiste numa porção de arroz no centro, rodeada por várias “porçõezinhas” de acompanhamentos como peixe ou camarões fritos, carne bovina cozida, ovo e diversos tipos de vegetais (normalmente você escolhe as guarnições de preferência como num sistema de buffet, sendo que as mesmas variam conforme a região do país).

nasi campur na folha de bananeira é um dos pratos mais típicos da Indonésia feito com satay, ovo, arroz, frango e sambal
Nasi Campur

Ikan Goreng

Ikan Goreng significa peixe frito. Nesse prato, o peixe é marinado em uma pasta geralmente contendo suco de limão, pimenta malagueta, coentro, cúrcuma, galangal e chalota (os ingredientes podem variar conforme a região do país), sendo posteriormente fritos em imersão. É comum servir Ikan Goreng com arroz e sambal.

prato na folha de banana com peixe frito, arroz e molho de pimenta sambal prato típico da Indonésia
Ikan Goreng

Mie Goreng

Mie Goreng (noodle frito) é uma comida de rua muito famosa na Indonésia e parecido com Nasi Goreng, porém com noodles invés de arroz. O prato é derivado de uma receita chinesa mas sem a carne de porco, já que a maioria da população é muçulmana. O Mie Goreng pode ser feito com macarrão frito refogado com o molho adocicado Kecap Manis, ovo, broto de feijão, carnes (frango, carne bovina, camarão, bakso) e vegetais.

mie goreng, macarrão frito da Indonesia
Mie Goreng

Jamu

O Jamu é um termo genérico utilizado para designar um tipo de bebida da medicina tradicional indonésia feita com ingredientes naturais como sementes, frutas, raízes, folhas, flores e cascas de árvores. Alguns exemplos de ingredientes utilizados são a cúrcuma e o gengibre (ricos em antioxidantes que previnem várias doenças). Tradicionalmente o Jamu é consumido como um tônico em doses pequenas e diárias mas a bebida também serve de base para outros preparos.

Kopi Joss

O Kopi Joss é um copo de café servido com um pedaço de carvão em brasa, bebida exótica típica de Yogyakarta (Java). Kopi significa café e Joss remete ao barulho do carvão quente caindo sobre a bebida. Segundo a tradição popular o carvão serve para neutralizar a acidez do café, além de reduzir impurezas (atenção: para tomar o café é necessário retirar a brasa).

café com carvão da Indonésia no Sudeste Asiático
Kopi Joss

Bakso

Bakso é uma almôndega feita com amido de mandioca, ovo e pimenta. Geralmente utiliza-se carne bovina mas também pode ser feito com frango, peixe ou camarão. Normalmente é servido em uma sopa (também chamado de Bakso) com noodles, acrescido de outros ingredientes como tofu, ovo cozido, wonton (bolinho semelhante ao gyoza) e verduras.

Perkedel Jagung

São bolinhos fritos feitos de milho muito viciantes! É um acompanhamento bem comum em restaurantes locais chamados de Warung. Além de milho, o Perkedel leva ingredientes como coentro, folhas de kaffir, cúrcuma e galangal.

bolinho de milho frito empanado da Indonésia
Perkedel Jagung

Gulai Jantung Pisang

Curry de coração de bananeira de Java na Indonésia
Gulai Jantung Pisang

Esse prato tropical consiste em um curry feito com coração da bananeira (também conhecido como umbigo de banana ou flor de bananeira), leite de coco, limão kaffir, capim limão e uma pasta de especiarias (chalotas, alho, cúrcuma, galangal, noz-da-índia e pimenta dedo de moça). Um prato da Indonésia delicioso que não pode faltar no seu menu vegano.

Tapai Madu

Tapai Madu é uma mandioca fermentada que fica com sabor de mel (Madu significa mel em bahasa; já Tapai é o nome utilizado para qualquer produto oriundo da fermentação de amiláceos). Após o processo de fermentação a mandioca muda completamente de textura (fica semelhante a uma banana madura) e com um intrigante azedinho alcóolico.

Tapai Madu é mandioca fermentada típico da Indonésia
Tapai Madu

Nasi Bakar

Nasi Bakar é um arroz cozido com vários temperos (chalota, alho, pimenta, louro e galangal) sendo posteriormente envolvido em uma folha de bananeira e grelhado. Também é possível utilizar arroz de coco (arroz cozido com caldo de frango ou legumes e leite de coco) com frango desfiado.

A folha de bananeira tem um papel muito importante na receita pois aromatiza e eleva o sabor do arroz durante a grelhagem.

Soto Bathok

Sotos são sopas, das mais variadas possíveis (clara, escura, mais cremosa, feita com frango, carne bovina ou miúdos). O Soto Bathok é feito com carne bovina e possui noodles, salsão e cebolinha.

Geralmente o Soto é servido com outros acompanhamentos como sate (espetinhos), tempeh e tahu (tofu).

Soto Sayur Asem

O Soto Sayur Asem é a sopa de vegetais mais popular da Indonésia, sendo uma mistura de sabores (picante devido às pimentas, com umami da pasta de camarão e frescor do capim limão) em um caldo adocicado de tamarindo. Os ingredientes mais comuns da sopa são milho, feijão-chicote, repolho, chayote, folhas e sementes de melinjo (planta nativa da Indonésia).

Soto Sayur Asem é uma sopa com tamarindo da Indonésia
Soto Sayur Asem

Sayur Lodeh

O Sayur Lodeh possui ingredientes semelhantes ao Sayur Asem com a principal diferença no caldo, feito com leite de coco (o Sayur Asem é feito com tamarindo). O prato geralmente acompanha peixes, carne bovina ou de frango e serundeng (flocos de coco fritos).

sopa de legumes da Indonésia
Sayur Lodeh

Gudeg

Gudeg, o prato mais popular de Yogyakarta (ilha de Java), possui aparência de carne mas é feito com jaca verde cozida lentamente em leite de coco, muito açúcar de palma e especiarias. Apesar de ser um prato principal é bem adocicado. Normalmente o Gudeg é servido com arroz e acompanhamentos como frango, ovo cozido, krechek (pele de vaca frita e ensopada), tofu e tempeh.

gudeg, prato vegetariano da Indonésia feito com jaca verde
Gudeg

Krupuks

Krupuks são biscoitos fritos feitos de amido – os mesmos também são encontrados na Holanda, chamados de Kroepoek (a Indonésia foi colônia da Holanda por muitos anos).

Existem vários tipos de Krupuks, sendo a maioria feita com peixes ou frutos do mar (alguns lembram o mandiopã do Brasil) mas também podem ser feitos com frutas, vegetais e arroz. Este aperitivo crocante e aromático acompanha vários pratos indonésios populares como o Gado-gado e Sotos.

biscoitos de amido da Indonésia
Krupuks

Perkedel Kentang

O Perkedel Kentang são bolinhos fritos feitos de batata, chalota e salsão (pode-se incrementar a receita com camarão, milho, cebolinha e tofu). Acredita-se que a palavra Perkedel tenha derivado da palavra holandesa Frikadeller, uma espécie de almôndega. O bolinho frito é muito consumido como aperitivo mas também pode acompanhar sopas.

bolinho de batata empanado frito comida típica da Indonésia
Perkedel Kentang

Ayam Koteka

O Ayam Koteka é feito com arroz, ovo e frango cozidos (e servidos) dentro de um bambu.

Ayam significa frango e Koteka é nome do apetrecho feito de cabaça, que antigamente era utilizado pelos nativos da Nova Guiné para cobrir o genital masculino (o Ayam Koteka era tradicionalmente servido em cabaças, hoje substituídas pelo bambu).

arroz grelhado no bambu do sudeste asiático
Ayam Koteka

Mie Jawa

Mie Jawa (noodle de Java) é feito basicamente com noodles, frango, legumes e muitas especiarias. Existem inúmeras variações, sendo as mais famosas o Mie Godhog Java (o noodle vem dentro de uma sopa feita com caldo de frango), o Mie Goreng Java (noodle frito) e o Mie Nyemek Java (noodle em uma sopa mais espessa).

Tradicionalmente o Mie Jawa é feito em um fogão de barro (o wok fica em cima de uma panela de barro que possui carvão dentro), o que dá um aroma defumado ao prato.

macarrão com molho especial da Ilha de Java na Indonésia
Mie Jawa

Comments are closed.