O que fazer no Porto, norte de Portugal

vista do Porto pelo jardim do morro na vila nova de gaia

Porto é a segunda cidade mais populosa de Portugal e reconhecida por sua variedade de atrativos turísticos, como as elegantes paisagens e vinícolas regionais do Douro, o cenário artístico e cultural, e o equilíbrio entre o desenvolvimento urbano e a preservação de patrimônios históricos.

A cidade do Porto também é muito elogiada por sua gastronomia, pelas muitas opções culturais e de lazer, e pelo espírito bairrista da região norte de Portugal. Já foi eleita por vários anos como melhor destino europeu.

Confira os melhores bairros e hotéis para ficar no Porto

Descubra as principais dicas para o que fazer no Porto em um roteiro de poucos dias.

O que fazer no Porto

Fundação Serralves

casa serralves em porto
Casa de Serralves | © LuisPortugal

Criada em 1989, a Fundação Serralves é um projeto cultural que combina arte e natureza em um espaço plural que agrada a qualquer público. O local já foi lar do Sr. Carlos Alberto Cabral, um empresário de sucesso e amante da arte.

A Fundação Serralves fica um pouco mais afastada das outras atrações turísticas do Porto. Recomendamos que você visite o local no início do dia para ver os principais ambientes.

Se você conhece o Museu do Inhotim, em Minas Gerais (Brasil), com certeza irá se apaixonar por esse local. Saiba mais em nosso Guia de Belo Horizonte.

A Fundação Serralves está dividida em 5 estruturas principais:

  • Museu de Arte Contemporânea (o mais importante do país nesta categoria);
  • Parque Serralves: parque de 18 hectares conhecido por seus belíssimos jardins e pela diversidade da flora e fauna;
  • TreeTop Walk: uma passarela elevada na altura das árvores para apreciar a biodiversidade local do alto;
  • A Casa de Serralves, um exemplar de arquitetura Art Déco;
  • A Casa do Cinema Manoel de Oliveira, possui uma exposição fixa sobre o famoso cineasta português e um auditório para eventos.

Há vários tipos de ingressos para acessar a Fundação. É possível comprar ingressos com acesso a todas as áreas ou para cada área separadamente. A entrada é gratuita para menores de 12 anos.

Casa da Música

A Casa da Música, inaugurada em 2005, é o principal local para concertos musicais no Porto. É também um famoso ponto turístico devido a sua arquitetura projetada pelo prestigioso arquiteto holandês Rem Koolhaas. A Casa da Música tem um café com muitas opções de comidas e bebidas e é um excelente lugar para estudar e fazer trabalhos online.

Alguns eventos são gratuitos, e você também pode fazer visitas guiadas. Confira mais detalhes no site oficial.

casa da música na cidade do Porto
Casa da Música | © Food’n Road

Jardins do Palácio de Cristal

Émile David, um paisagista alemão, projetou os jardins do Palácio de Cristal na década de 1860. Eles estão divididos em vários temas como o Jardim das Plantas Aromáticas, das Plantas Medicinais, do Roseiral, das Cidades Geminadas e dos Sentimentos. O local também possui uma vista fantástica do Rio Douro.

Se você está procurando um passeio romântico ou um local ideal para fotografias, você deve visitar os jardins do Palácio de Cristal.

Seu antigo nome era Palácio de Cristal, pois abrigou uma estrutura de ferro-vidro construída no século XIX para exposições. Mais tarde, o Pavilhão Rosa Mota, um espaço para eventos esportivos, foi construído no local da antiga estrutura.

entrada para o jardim do palácio de cristal
Jardim do Palácio de Cristal | © Food’n Road
Casa do Roseiral em Porto
Casa do Roseiral | © Food’n Road

Museus

Os muitos museus da cidade são uma das razões pelas quais a Invicta, outro apelido da cidade do Porto, já foi nomeada Capital Europeia da Cultura. Conheça alguns deles:

  • Museu Romântico da Quinta da Macieirinha: o museu reproduz uma residência burguesa do século XIX com móveis e objetos da época. Fica próximo aos Jardins do Palácio de Cristal e tem acesso livre aos finais de semana. Recomendamos conhecer toda essa área no mesmo dia. Você pode fazer o percurso que beira o Douro em uma bela e agradável caminhada;
  • Museu Nacional Soares dos Reis: fundado em 1833, é o museu mais antigo de Portugal. Possui exposições de artes, artes decorativas e arqueologia;
  • Museu das Marionetas do Porto: no museu encontram-se expostos os bonecos utilizados no Teatro de Marionetas do Porto, um teatro criado em 1988. Um programa divertido, diferente das atrações convencionais. Se tiver tempo, aproveite para assistir a um espetáculo de Marionetes.
fachada da casa do Museu Romântico da Quinta da Macieirinha em Porto
Museu Romântico da Quinta da Macieirinha | © Food’n Road

Vinhos Regionais do Porto

O vinho do Porto é o vinho mais conhecido da região. É um vinho licoroso que tem alto teor alcoólico, também conhecido como vinho fortificado. Seu grau alcoólico pode variar entre 19%-22%, devido à adição de aguardente vínica em sua produção. Sua origem se deve aos navegadores ingleses que misturavam aguardente nos vinhos do Douro para conservá-los até os seus destinos.

O terroir da região (conjunto de condições ambientais para a produção de vinho) fornece características únicas, como o solo xistoso que influencia as propriedades da uva. Somente a Região Demarcada do Douro pode produzir oficialmente Vinho do Porto, que recebe um selo de Denominação de Origem Controlada.

Mas, o vinho do Porto não é o único vinho produzido na região. Existem dois outros tipos que também valem a pena experimentar:

  • Vinho Verde: a maior área vitivinícola de Portugal. Produz vinhos leves e frescos com teor alcoólico inferior a 11,5% e acidez ligeiramente elevada. O termo vinho verde pode ter se originado por dois fatores. Um deles é a alta acidez e frescor das uvas como se elas ainda não estivessem maduras. O segundo é uma homenagem à exuberante paisagem na qual as uvas são cultivadas.
  • DOC Douro: são os vinhos tradicionais da região do Douro, ou seja, não são fortificados com aguardente, como o Vinho do Porto. Apesar da produção de vinhos DOC Douro ser relativamente nova na região, os mesmos têm surpreendido pela alta qualidade e variedade dos vinhos tintos e brancos.

Com tanta variedade e cultura vínica, as experiências de enoturismo no Porto e Norte são ótimas dicas para qualquer roteiro e lista do que fazer no Porto.

Sessões de Degustação – Os Vinhos do Norte de Portugal

Uma ótima maneira de conhecer e saborear os vinhos do norte é ir nas lojas que possuem Pacotes de Provas, que são degustações com vários tipos de vinhos e petiscos por um preço fixo. Para quem não bebe muito, existe a opção provas de copo que é cobrado por taça de vinho consumida.

Além dos vinhos, existem outros tipos de degustação com foco nos queijos portugueses, azeites portugueses, e outros produtos tradicionais.

Também há várias lojas especializadas em vinhos na cidade que oferecem uma ampla variedade de rótulos, sendo possível provar alguns. Nessas lojas, vendedores com experiência podem te ajudar a escolher o melhor vinho de acordo com o seu gosto e orçamento.

Na maioria das lojas, é possível pedir que as garrafas sejam embaladas para o transporte aéreo.

degustação e prova de vinho do porto em Vila Nova de Gaia
Degustação de Vinho do Porto | © Food’n Road

As Caves de Vinho do Porto

Cave é um termo que significa subsolo e é lá onde os vinhos do Porto amadurecem e envelhecem dentro de grandes tonéis.

As caves de vinho do Porto estão localizadas em Vila Nova de Gaia e para chegar lá basta cruzar a ponte Dom Luís I até a Ribeira do Cais. Há muitos tours que o levam até as adegas. Além de degustar os vinhos, você aprenderá como o vinho do Porto é produzido, sua história, harmonização com comida, e muito mais.

Segue algumas recomendações:

  • Calém
  • Graham’s
  • Taylor’s
  • Ferreira
  • Sandeman
  • Adriano Ramos Pinto
  • Real Companhia Velha

Para mais informações sobre os locais e horários de funcionamento, visite o site da Associação das Empresas de Vinho do Porto (AEVP).

Interior de uma cave, adega de Vinho do Porto em Vila Nova de Gaia
Adega (Cave) em Vila Nova de Gaia | © Food’n Road

Região Vinícola do Douro – Passeio de barco e visita às adegas

A região vitivinícola do Douro fica a aproximadamente 100 km de Porto, onde ficam as vinícolas que produzem o vinho do Porto. As vinhas são plantadas em encostas íngremes e proporcionam uma belíssima paisagem, intitulada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade em 2001 na categoria Paisagem Cultural.

Lista também: As Cidades Criativas da Gastronomia da UNESCO

As vinícolas portuguesas são chamadas de Quintas. Você pode visitar as vinícolas, participar de tours com degustação, participar da colheita, ver o processo de produção do vinho, e muito mais. Algumas incluem até opções de acomodação caso deseje se hospedar na vinícola.

Veja mais: Os melhores hotéis vinícolas em Portugal

Você também pode visitar as vinícolas de barco pelo Rio Douro, o que permite admirar as paisagens montanhosas da região. Os barcos partem do Porto, Peso da Régua e Pinhão. Existem vários tipos de passeios disponíveis, incluindo almoço, degustação de azeite e visitas a várias vinícolas.

Museu do Vinho do Porto

O Museu do Vinho do Porto fica na área histórica da cidade, nas margens do Rio Douro. O museu, que existe desde 2004 (antes em um local diferente), foi redesenhado e reaberto em 2019. As exposições destacam a importância da indústria do vinho para o crescimento da cidade, incluindo a história do vinho, a produção de uvas e o transporte do vinho ao longo do rio Douro. Após a visita, é possível degustar vinhos do Porto (a um custo extra).

Ribeira do Cais

Uma experiência imperdível é passear na região do Cais da Ribeira, localizada no Centro Histórico, às margens do Rio Douro. Além das charmosas ruas estreitas e edifícios coloridos, a área possui vários restaurantes, bares e cafés, sendo possível saborear comidas típicas e beber vinhos contemplando o Rio Douro, a Ponte Dom Luís I e a orla de Vila Nova de Gaia que fica do outro lado do rio. Na região também é possível fazer passeios de barco e comprar lembrancinhas nas lojas e barraquinhas de souvenirs.

Nossa dica é aproveitar o passeio e conhecer os pontos turísticos e atrações na área como a Casa do Infante, Palácio da Bolsa, Igreja de São Francisco, etc. Para um descanso, caminhe pela Praça da Ribeira, lá concentram-se bons restaurantes para comer algo enquanto aprecia a paisagem do Douro.

Explore mais: Guia de Viagem Porto

Mirantes

Os mirantes em Portugal são chamados de miradouros. São locais perfeitos para se ter uma vista panorâmica da paisagem, além de oferecer outra perspectiva de vários pontos turísticos.

Alguns são pontos da cidade com acesso gratuito e outros são estabelecimentos privados que possuem uma vista privilegiada. Nossos preferidos:

Miradouros do Porto

  • Miradouro da Vitória: um dos mais famosos oferece uma vista completa tanto da parte histórica do Porto quanto de Vila Nova de Gaia;
  • Miradouro das Virtudes: localizado no Jardim das Virtudes, muito popular entre os locais principalmente durante o verão;
  • Torreão do Jardim do Palácio: de um lado os Jardins do Palácio de Cristal, do outro Gaia com o Rio Douro cortando o horizonte. Suba a Torre de estilo medieval e vislumbre a vista;
  • Bar Guindalense: o bar está localizado no bairro da Sé e possui uma bela vista do Rio Douro e da ponte D.Luis I;
  • Bar Miradouro Ignez: o bar foi aberto em 2009 e oferece uma vista deslumbrante do Rio Douro e bons petiscos para um happy hour.
Torreão do Jardim do Palácio de Cristal em Porto
Torreão do Jardim do Palácio de Cristal | © Food’n Road

Miradouros em Vila Nova de Gaia

  • Jardim do Morro: esta é uma excelente dica de mirante. Atravesse a Ponte Dom Luís I para chegar ao Jardim do Morro ou pegue o metrô. Se estiver no verão, passe por lá no fim do dia para curtir o pôr-do-sol com a vista do Rio Douro e da Ribeira, bem acompanhado e com um bom vinho terá um momento mágico;
pôr do sol no jardim jardim do morro em Vila Nova de Gaia com vista do Porto
Jardim do Morro – Vila Nova de Gaia | © Food’n Road
  • Mosteiro da Serra do Pilar: ao cruzar a ponte Dom Luís I, o Jardim do Morro estará à sua direita e o Mosteiro da Serra do Pilar à sua esquerda. Impossível não notar a sua presença. Para uma vista do Porto mais do alto, suba até o Mosteiro e aproveite o cenário!
mirante do mosteiro da serra do pilar com a vista da cidade de porto no por do sol
Mirante do Mosteiro da Serra do Pilar | © Food’n Road

Comer como um ‘Tripeiro’

Um dos pratos típicos da cidade é o Tripas à moda do Porto, feito com tripas de vitela, embutidos, carne de porco e feijão branco. Uma lenda em torno do prato é que na Era dos Descobrimentos, o Infante D. Henrique pediu carne à população local para abastecer suas caravelas; os moradores deram toda a carne que tinham, ficando apenas com as tripas, levando à criação da receita. Uma dica é pedir este prato no restaurante tradicional A Cozinha do Manel.

tripas à moda do porto é um prato típico do Porto
Tripas à moda do Porto | © Food’n Road

O Porto também é conhecido por seus lanches, como os sandes (sanduíches) de pernil, cachorrinhos (cachorro quente), bifanas (sanduíche recheado com bifes de porco temperados), prego (sanduíche recheado com carne bovina) e a famosa Francesinha, prato originado na cidade feito com carne, queijo e embutidos.

Dicas para sanduíches no Porto: experimente as bifanas no Conga – A Casa das Bifanas, cachorrinhos no Gazela – Cachorrinhos, e o sanduíche de pernil na Casa Guedes.

Se você busca por refeições tradicionais e mais simples, vá para as Tascas, que são estabelecimentos familiares da cidade que oferecem comida boa e acessível.

Para quem gosta de frutos do mar, recomendamos o restaurante Marisqueira de Matosinhos, fundado em 1978 (Marisqueiras são restaurantes especializados em frutos do mar).

Saiba mais: Conheça os Pratos Típicos de Portugal

Mercados Locais

Visite os mercados locais para conhecer mais sobre os produtos e a gastronomia da região, bem como para encontrar lembrancinhas.

  • Mercado do Bolhão: aberto em 1839, é um dos mercados mais famosos do Porto e um Monumento de Interesse Público. O mercado está em reforma desde 2018, mas você ainda pode fazer compras e passear no Mercado temporário do Bolhão, localizado a apenas 2 minutos do edifício original. Além das tradicionais barracas de frutas e flores, o mercado também tem bares, cafés, restaurantes e lojas de artesanato;
  • Mercado do Bom Sucesso: o mercado fica na região de Massarelos/Boa Vista, próximo à Casa de Música. O Mercado Bom Sucesso foi aberto em 1952, e foi amplamente reformado, incluindo bancas de jornal, barracas de comida, bebidas, lojas e cafés.
mercado bom sucesso no Porto
Mercado Bom Sucesso | © Food’n Road

Feiras de Rua

Porto sedia várias feiras onde é possível comprar itens únicos como objetos de decoração, livros, moedas, discos, roupas e pinturas. Algumas recomendações de feiras:

Feiras de antiguidades

  • Feira da Vandoma: sábados de manhã na avenida 25 de Abril;
  • Mercado Porto Belo: sábados das 10h às 19h na Praça Carlos Alberto;
  • Feira de Antiguidades e Velharias: terceiro sábado de cada mês na Praça Francisco Sá Carneiro.

Feiras de Artesanato

  • Mercado de Artesanato do Porto: quinta a domingo na Praça Parada Leitão, ao lado do edifício da Universidade do Porto das 10 às 18h (horário inverno) e das 9 às 20h (verão);
  • Mercadinho da Ribeira: quinta a domingo das 10 à 20h no Cais da Ribeira;
  • Feira de Artesanato da Batalha: todos os dias das 9 às 20h na Praça da Batalha.

Galerias de Arte

O Porto é conhecido por suas inúmeras galerias de arte que exibem pinturas, esculturas, fotografia e muito mais. Veja abaixo algumas recomendações:

  • Galeria Fernando Santos: a galeria foi fundada em 1993 e fica na rua Miguel Bombarda, a principal rua do “Quarteirão das Artes”;
  • Galeria Pedro Oliveira: fundada em 1990, suas exposições contam com obras de renomados artistas portugueses e estrangeiros (o local também oferece uma ótima vista do Rio Douro);
  • Galeria Quadrado Azul: aberta em 1986, o nome da galeria tem origem na obra K4, o Quadrado Azul, obra de estilo futurista publicado em 1917 pelo escritor e artista plástico Almada Negreiros.

Bate-volta de Porto para cidades próximas

A partir de Porto é possível fazer viagens bate-volta para algumas cidades próximas:

  • Matosinhos: localizada na região metropolitana do Porto, Matosinhos é famosa por suas praias e excelentes restaurantes de frutos do mar. Possui também várias opções de passeios, como o Mercado Municipal e a Igreja de Bom Jesus de Matosinhos;
  • Guimarães: o município é conhecido como o berço de Portugal. O Castelo de Guimarães, famoso entre os visitantes, foi construído no século X para se proteger contra os ataques de vikings e mouros;
  • Braga: a cidade mais antiga de Portugal com mais de 2.000 anos, famosa por seus jardins, igrejas e palácios;
  • Aveiro: conhecida como “Veneza Portuguesa” pelos seus canais fluviais. Aproveite para experimentar o doce chamado ovos moles que leva um creme feito com gema de ovo e açúcar, típico do município;
  • Costa Nova: é um ótimo lugar para passar uma tarde ensolarada, seja caminhando ao longo da costa ou na praia. Esta área é conhecida por suas tradicionais casas listradas, mas também é conhecida por excelentes restaurantes de frutos do mar e esportes aquáticos.

Similar Posts