O que é um tour gastronômico e como escolher o melhor

experimentando os mexilhões locais em um tour gastronômico em Valência, Espanha

Se tem algo que realmente marca uma viagem, é sentir o gostinho da vida local. Aquela sensação de conhecer lugares que só os moradores frequentam e restaurantes deliciosos que muitas vezes ficam fora da rota turística e, portanto, passam despercebidos pelos olhos de quem vem de fora.

Descobertas como estas fazem da viagem uma verdadeira jornada na cultura local, emoção pura, sem dúvida uma das melhores maneiras de se conhecer um destino!

O problema é que nem sempre conhecemos alguém para ser nosso guia local. Mesmo quando temos amigos no destino, não devemos esperar que eles conheçam todas as histórias, tradições e de quebra indicar os melhores lugares para comer e beber na região. É por isso que nós amamos fazer tours gastronômicos!

Fazer um food tour ou tour gastronômico é ter um especialista ao seu lado que vai te ajudar a explorar a cidade da maneira mais saborosa e informativa possível. Uma experiência completa, com sabor, cheiros, conhecimento e memórias!

Neste artigo, explicamos o que é um food tour e como escolher o melhor tour gastronômico para o seu roteiro.

O que é um Food Tour

O Food Tour, também conhecido como Tour Gastronômico, é um passeio guiado com o objetivo de apresentar a história e as tradições de um povo através de sua cultura gastronômica.

Um Tour Gastronômico inclui degustações de comidas e bebidas relacionadas à uma temática. Pode ser sobre a cultura do local ou uma região específica da cidade, por exemplo, comidas de rua ou itens típicos do Mercado Municipal.

É claro que se deliciar com as comidas e bebidas inclusas no passeio é o ponto central de um tour gastronômico, mas não é só isso. Um food tour envolve um misto de história, contexto e sabor. A comida passa a ser o meio de explorar o destino, entre uma mordida e outra, o guia compartilha informações sobre costumes locais, pontos turísticos, etc.

trying crepe with soft eggs in Aveiro during a food tour

Exemplos mais comuns de Food Tours:

Os passeios podem ser privados ou em grupo. Em geral, leva de 2 a 4 horas com paradas para degustação em vários estabelecimentos gastronômicos (restaurantes, lojas, mercados, cafés, etc.). Na maioria das vezes, o Tour Gastronômico é feito a pé, mas existem passeios realizados de bicicleta, tuk-tuk, scooters, etc.

Os tipos mais comuns de tours gastronômicos podem envolver:

  • Pratos Típicos
  • Comida de Rua
  • Bebidas e Coquetéis (ex: cervejas, vinhos, whiskys, cafés e chás)
  • Doces Tradicionais
  • Comida Indígena
  • Mercado Municipal ou Feiras de Rua
  • Centro Histórico
  • Bairro de Imigrantes
  • Reconhecimento de PANC’s (Plantas Alimentícias Não Convencionais)

Leia também: Conheça as principais atividades do turismo gastronômico

Para quem são os Food Tours

Food Tours são passeios ecléticos que saciam a fome e a curiosidade dos mais diversos viajantes. Para quem viaja sozinho, fazer um tour gastronômico em grupo compartilhado é uma ótima maneira de conhecer pessoas durante uma viagem. Se estiver viajando com amigos, contratar um tour privado é diversão garantida. As famílias com crianças também adoram passeios gastronômicos, mas neste caso é importante se informar com antecedência se o tour é adequado.

Se você é um foodie e nunca fez um tour gastronômico, já coloca esse tipo de atividade no topo do seu roteiro. Agora, mesmo que a comida não seja a sua motivação principal, mas você adora conhecer a cultura e história dos destinos, fazer um tour gastronômico é uma experiência enriquecedora, já que a culinária e as tradições alimentares são baseadas em influências históricas e refletem a singularidade do meio ambiente.

E claro, para quem é um profissional da gastronomia, os passeios culinários são uma ótima oportunidade para aprimorar técnicas e conhecimentos sobre os pratos e comidas típicas.

trying street food in Malaysia during a food tour

Por que fazer um Tour Gastronômico

Além de aprender sobre a história e cultura do local, existem vários motivos para você fazer um passeio gastronômico na sua próxima viagem:

  • É uma boa introdução sobre o destino;
  • Oferece uma maneira segura de explorar a gastronomia da região;
  • Você tem a oportunidade de interagir genuinamente com as pessoas e estabelecimentos locais;
  • Conhecer locais frequentados somente pelos moradores;
  • Contribuir para a valorização da culinária regional;
  • Obter dicas extras do guia para a sua viagem e outras refeições.

Saiba mais: Os impactos positivos que você gera ao fazer turismo gastronômico local

local food in a tour in Indonesia

Como encontrar um Food Tour

Com o crescimento do turismo gastronômico, você já pode encontrar food tours em muitas cidades do mundo. Isso é muito bom, mas também traz um desafio na hora de escolher qual é o melhor para o seu roteiro.

Para facilitar o planejamento da sua viagem, já fizemos uma seleção criteriosa de experiências gastronômicas em vários destinos para oferecer em nosso Marketplace de Turismo Gastronômico, incluindo os food tours.

Você encontrará uma curadoria com os melhores food tours em diversos países, e essa lista só tende a crescer. Nele, você pode explorar as experiências por destinos, filtrar pelas suas preferências, verificar se atende às suas necessidades e efetuar a reserva.

Confira as principais dicas para escolher um food tour:

  • Se atente no que está incluído no preço do passeio e a duração;
  • Verifique o local de partida e chegada;
  • Acessibilidade – se for um tour a pé e você tiver alguma restrição de mobilidade, confira se o trajeto é acessível de acordo com a suas condições;
  • Dietas especiais e restrições alimentares – nem todos os tours conseguem se adaptar a dietas especiais. Se este for o seu caso, verifique com o organizador com antecedência;
  • Não planeje grandes refeições antes do passeio – é melhor garantir espaço para aproveitar a experiência gastronômica.
  • Idade mínima para participar do tour – nem todas as experiências aceitam crianças;
  • Número mínimo de participantes – alguns passeios precisam de um número mínimo de participantes para serem realizados;
  • Número máximo de participantes – nós selecionamos somente tours em grupos pequenos ou privados, mas é sempre bom se informar sobre o número máximo de participantes;
  • Idiomas disponíveis no passeio;
  • Política de cancelamento – opção de reembolso ou reagendamento.

Mais dicas: Aprenda a planejar uma viagem gastronômica