Moqueca Capixaba de Peixe

moqueca capixaba servida em panela de barro acompanhadas com uma tigela de pirão e outra de arroz branco
A moqueca capixaba é uma receita que celebra a pluralidade do povo brasileiro, combinando técnicas e ingredientes indígenas e europeus em um prato com sabor autenticamente nacional e mais suave que a versão baiana.

Um prato com influências indígenas e portuguesas que reflete as bases da cultura gastronômica brasileira. Unindo ingredientes nacionais e uma forma de preparo que preserva todos os sabores, essa receita é perfeita para um almoço tipicamente brasileiro.

Leia também: 15 pratos típicos do Brasil

Sobre a Moqueca Capixaba

A moqueca capixaba é um ensopado à base de peixe e vegetais, temperado com azeite de oliva, urucum e coentro típico, receita originária do estado do Espírito Santo. Ao contrário da moqueca baiana, a versão capixaba é preparada sem azeite de dendê ou leite de coco. O resultado é um prato de sabor mais suave, cujo protagonista é o peixe. 

Para saber mais sobre os diferentes tipos de moqueca, confira nosso artigo sobre a história e tipos de Moquecas do Brasil.

A origem da moqueca capixaba está relacionada aos primórdios da gastronomia brasileira. Os povos indígenas preparavam um prato com peixe chamado pokeka. Nessa receita, pedaços de peixe eram assados enrolados em folhas em um forno primitivo conhecido como moquém. Também era costume indígena usar urucum nas receitas.

Com a chegada dos portugueses, muitas das tradições da culinária de Portugal mesclaram-se às formas de preparo indígenas. Os europeus cozinhavam guisados à base de vegetais e o azeite de oliva era um ingrediente muito utilizado em suas receitas. Houve, então, uma fusão entre esses legados culinários e surgiu a moqueca, com elementos portugueses e indígenas.

Hoje, a moqueca capixaba é uma herança gastronômica celebrada pelos habitantes do estado do Espírito Santo. É oficialmente reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial do município de Vitória e uma das comidas típicas do estado. Há, inclusive, uma data oficial para comemorar o prato, 30 de setembro. 

Principais ingredientes para a Moqueca Capixaba

Peixe

O peixe é o ingrediente principal da tradicional moqueca capixaba, e sua escolha correta é essencial para o sucesso do prato. Nesta receita, o peixe deve ter uma consistência firme para não se desfazer durante o cozimento.

O corte mais comum é em postas e os peixes mais indicados para o preparo da moqueca capixaba são: 

  • Cação;
  • Badejo;
  • Garoupa;
  • Namorado;
  • Dourado;
  • Filhote;
  • Papaterra;
  • Dentão;
  • Pintado;
  • Robalo.

Azeite de Oliva

O azeite de oliva é uma das heranças portuguesas no preparo da moqueca capixaba. Levado ao Brasil durante o período de colonização, esse ingrediente, produzido a partir da azeitona, traz suavidade ao sabor da moqueca.

Urucum

A tonalidade avermelhada da moqueca capixaba é produzida pelo urucum, fruto de uma árvore nativa da América e utilizado amplamente pelos povos indígenas. 

No preparo da moqueca tradicional, utiliza-se a tinta de urucum, a qual pode ser feita em casa. No entanto, para aqueles que queiram simplificar a receita, é possível usar o colorau, condimento seco obtido através do urucum. 

Dicas para uma Moqueca Capixaba tradicional

Como fazer a tinta de urucum

Se quiser fazer a tinta de urucum em casa, basta levar ao fogo baixo aproximadamente 250 gramas de sementes de urucum em 0,5 litro de óleo ou azeite, mexendo sempre para misturar. Se quiser alterar a quantidade, mantenha a proporção 1 de urucum para 2 de óleo. Quando a mistura ferver, o óleo ganhará uma tonalidade avermelhada e as sementes ficarão pretas. Nesse momento, retire as sementes, deixe esfriar e coe o óleo. Esse óleo deve ser guardado em vidro fechado, em local seco e arejado.

Como marinar o peixe

Para que o peixe absorva todo o sabor dos temperos, é fundamental mariná-lo antes de preparar a moqueca. Neste processo, os temperos são batidos em um liquidificador ou processador até formar uma pasta. As postas do peixe devem ser cobertas com essa mistura e levadas à geladeira por, pelo menos, 30 minutos antes de iniciar a receita.

Qual é a melhor panela para a moqueca capixaba?

A moqueca capixaba pode ser preparada em vários tipos de panela, como alumínio e ferro. No entanto, para garantir a qualidade do prato, a panela recomendada é a de barro. Esse material permite o cozimento uniforme do peixe e perfeita incorporação dos temperos. Além disso, a panela de barro mantém o prato aquecido durante toda a refeição.

Variações da Moqueca Capixaba

Há diversas variações possíveis da moqueca capixaba, seja para diversificar o prato ou adequá-lo a diferentes paladares ou restrições alimentares:

  • Pode-se adicionar frutos do mar no preparo da moqueca capixaba, como camarão, lula, polvo e sururu (mexilhão);
  • O peixe pode ser substituído por frango, carne seca ou carne bovina em tiras;
  • Se quiser uma moqueca vegetariana, pode substituir o peixe por banana-da-terra, palmito pupunha e cogumelos. Nesse caso, substitua o caldo de peixe por um caldo de legumes.

Melhores acompanhamentos para a Moqueca Capixaba

A moqueca capixaba é tradicionalmente servida com arroz branco, farofa e pirão de peixe. No preparo do pirão, podem ser utilizadas as partes do peixe não aproveitadas na moqueca, como cabeça e rabo. Para acompanhar, que tal um suco de frutas, caipirinha ou vinho branco seco?

Confira a receita e aprenda como fazer Moqueca de Peixe

moqueca capixaba servida em panela de barro

Moqueca Capixaba de Peixe – Receita passo a passo

5 from 3 votes
A moqueca capixaba é uma receita que celebra a pluralidade do povo brasileiro, combinando técnicas e ingredientes indígenas e europeus em um prato com sabor autenticamente nacional e mais suave que a versão baiana.
Preparo 1 hr
Cozimento 25 mins
Tempo Total 1 hr 25 mins
Categoria Prato Principal
Cozinha Brasil
Rendimento 5 porções

Ajuste a receita

Ingredientes

  • kg peixe branco firme - em postas
  • 3 tomates
  • 3 cebolas
  • 2 xíc. coentro
  • 3 dentes alho - picado
  • 3 limões - suco
  • 3 col. de sopa azeite de oliva
  • 30 ml tinta de urucum
  • 100 ml caldo de peixe
  • sal e pimenta do reino - a gosto

Instruções

Marine o peixe

  • Em um processador, coloque 1 xícara (chá) de coentro, 1 tomate, 1 cebola, o suco dos limões e os dentes de alho.
  • Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto.
  • Bata essa mistura até formar uma pasta.
  • Espalhe essa mistura sobre as postas de peixe, cobrindo todas as superfícies.
  • Cubra o recipiente e leve à geladeira para marinar por, no mínimo, 30 minutos.

Preparando a moqueca:

  • Corte os tomates e as cebolas em cubos e pique as folhas de coentro restantes. Reserve.
  • Leve a panela de barro ao fogo baixo e aqueça o azeite de oliva e a tinta de urucum.
  • Refogue a cebola picada por, aproximadamente, 2 minutos. Retire metade da cebola refogada e reserve.
  • Acrescente metade do tomate picado e deixe refogar por alguns minutos, mexendo bem.
  • Coloque o peixe em postas na panela, adicionando também a pasta da marinada.
  • Cubra o peixe com o restante do tomate picado e a cebola refogada reservada.
  • Acrescente o coentro e o caldo de peixe.
  • Tampe a panela e deixe cozinhar, em fogo baixo, por 10 a 15 minutos, sem mexer. Se necessário, acerte o sal e a pimenta-do-reino.
  • Sirva quente.

VOCÊ VAI PRECISAR

Panela de Barro
Testou esta receita? Compartilhe conosco!Marque @foodandroad_ ou tag #foodandroad!

Similar Posts