Os benefícios do Turismo Gastronômico para além do Turista

Com um espectro de atividades tão amplo, os benefícios do turismo gastronômico vão muito além de proporcionar entretenimento e agradar nossos paladares. O turismo gastronômico é um caminho para experiências significativas em que as pessoas não costumam participam no seu dia a dia, mas estão dispostas a fazê-lo enquanto viajam.

Estas experiências têm um efeito positivo duradouro porque a maioria das pessoas buscam incorporar estes aprendizados em sua própria vida quando retornam para casa. São experiências e aprendizados através da singularidade da cultura gastronômica regional e da biodiversidade do destino que têm o potencial de intensificar a conexão entre as pessoas e o alimento, além de gerar uma memória duradoura e marcante para o turista.

Mas os benefícios do turismo gastronômico não se concentram apenas nos turistas. Uma experiência bem desenvolvida e estruturada pode beneficiar toda a comunidade e o seu meio ambiente.

Leia também: Turismo de Base Comunitária, uma experiência imersiva de viagem

os benefícios do turismo gastronomico e culinário que vão muito além do turista

Confira os principais benefícios do Turismo Gastronômico

  • Desenvolve a consciência social e cultural, conecta os turistas com o destino em diferentes níveis da sociedade;
  • Distribui e gera renda adicional ao longo da cadeia de valor do produto;
  • Possibilita a inclusão e oportunidades para grupos minoritários;
  • Valoriza a biodiversidade e preserva o patrimônio cultural;
  • Contribui para um desenvolvimento mais amplo das comunidades locais, fomenta o empreendedorismo;
  • Mitiga o êxodo rural e gera orgulho nos próprios costumes, história e tradições;
  • Reduz a assimetria regional, dispersa turistas para mais localidades do país;
  • Trabalha em harmonia com a sazonalidade, diversifica a oferta turística ao longo do ano de forma mais sustentável.

Fazer turismo gastronômico é contribuir para um turismo mais responsável e sustentável que beneficia tanto o viajante como os residentes locais. No entanto, o turismo gastronômico também enfrenta desafios:

Como viajantes, é importante termos consciência na escolha das atividades que queremos apoiar e nos posicionar de acordo com valores éticos e morais, como por exemplo, evitar atividades que prejudicam o meio ambiente ou utilizam-se de maus tratos com os animais.


E agora? Quer aprender como ser um viajante gastronômico? Confira estes outros artigos: