o que é enoturismo e como desenvolver turismo relacionados a cultura do vinho
© Maja Petric via Unsplash

O Enoturismo é um segmento do turismo gastronômico cuja motivação é participar de experiências relacionadas com vinho através de degustações, visitas à vinícolas, vinhedos, festivais e eventos associadas a cultura vitivinícola.

Para o trade turístico e regiões produtoras, o desenvolvimento do enoturismo representa a criação de novas rotas temáticas com ofertas complementares e implementação de novas atividades econômicas, resultando também na ampliação de renda para os produtores e comunidades envolvidas.

Por que o Enoturismo faz sucesso entre viajantes e turistas

Apesar da degustação de vinhos ser o produto central do enoturismo, existem outros fatores que contribuíram para o rápido crescimento deste segmento, que se tornou parte fundamental do turismo rural e gastronômico.

Já é comum encontrar vinícolas que oferecem experiências imersivas e educativas relacionadas à produção e a cultura do vinho. Alguns exemplos dessas atividades são:

  • Visitas guiadas à vinícola e adega;
  • Oficinas educativas sobre a história, terroir, cultivo e produção do vinho;
  • Experiências imersivas durante a colheita e produção do vinho;
  • Experiências gastronômicas harmonizadas com vinhos da própria vinícola (ex. menus degustação, picnics, aulas de culinária, etc.);
  • Sessões de degustação;
  • Festivais e eventos tradicionais da cultura vitivinícola;
  • Cursos e Palestras;
  • Hospedagem e serviços de acomodação;
  • Loja própria para compra dos vinhos e souvenirs;
  • Estrutura projetada para passeios de lazer e fotos.

Leia mais: 5 dicas para Desenvolver Experiências do Turismo Gastronômico

O perfil do turista que visita vinícolas

O enoturismo é voltado para todo tipo de turista e por isso as expectativas variam de pessoa a pessoa. No entanto, de acordo com (CHARTERS AND ALI-KNIGHT, 2002; HALL AND MITCHELL, 2008) existem três perfis mais comuns:

  • Amante do vinho – visitante experiente de vinícola;
  • Interessado em vinho – provavelmente visitou outras regiões vinícolas, mas o vinho não é o único objetivo da visita ao destino;
  • Turistas curiosos – interesse moderado em vinho, vinícolas são vistas como “apenas mais uma atração”.

Geralmente, turistas experientes sobre vinho e que já estiveram em vinícolas valorizam nas visitas:

  • Obter conhecimento específico sobre aquela produção;
  • Conhecer a adega;
  • Participar das sessões de degustação;
  • Comprar vinhos.

Para aqueles que visitam uma vinícola pela primeira vez e se interessam pelo tema, além de aprender sobre o processo de produção e comprar vinhos, valorizam também:

  • Passear pelos vinhedos;
  • Visitar a adega;
  • Clima agradável para visitas;
  • Aprender sobre harmonização com comida.

Com base nesses perfis e motivações, é importante para a vinícola que pretende receber turistas se atentar na diversificação de suas ofertas. Já para operadores turísticos e agências de viagem, é recomendável que identifiquem o perfil do seu cliente para melhor direcioná-los às vinícolas que correspondem às suas expectativas.

Uma dica para entender melhor o perfil do seu cliente e aprimorar a sua comunicação é a criação de personas do turismo.

Destinos que promovem o Enoturismo

Com o aumento da apreciação de vinhos e oferta de vivências enogastronômicas únicas do local fez com que várias regiões, antes destacadas somente pelo vinho comercializado, se transformasse em referências internacionais para o enoturismo.

Mas, além das experiências, essas regiões também desenvolveram excelentes estratégias de marketing e parcerias público-privada direcionadas ao enoturismo. Dentre as regiões mais famosas pelo enoturismo, destacam-se:

  • Bordeaux e Champagne, França
  • Rioja, Espanha
  • Douro e Alentejo, Portugal
  • Toscana e Piemonte, Itália
  • Eger, Hungria
  • Mosel-Saar-Ruwer, Rheinhessen e Pfalz, Alemanha
  • Kakheti, Geórgia 
  • Santorini, Grécia
  • Mendoza e Salta, Argentina
  • Yarra e Barrosa, Austrália
  • Casablanca, Colchagua e Maipo , Chile
  • Stellenbosch e Franschhoek, África do Sul
  • Napa Valley, Estados Unidos
  • Serra Gaúcha, Brasil

Leia também: Aprenda a usar o Instagram para fortalecer a sua marca

Benefícios para destinos e produtores

Um dos grandes benefícios do enoturismo é a dispersão do turismo de massa, distribuindo turistas dos centros urbanos para os interiores do país. Esse tipo de turismo favorece a diversidade das ofertas turísticas de um destino e o desenvolvimento de áreas rurais durante todo o ano. Já para o produtor, impactos positivo do enoturismo incluem o fortalecimento da marca, diversificação de produtos e aumento de vendas.

Listamos abaixo mais benefícios do enoturismo:

  • Dispersão do turismo de massa;
  • Fortalecimento da identidade e marca de destinos e produtores;
  • Ampliação dos canais de vendas;
  • Conscientização ambiental e preservação do patrimônio;
  • Valorização cultural;
  • Diminuição do êxodo rural;
  • Geração de empregos e renda complementar para áreas mais remotas;
  • Incentivo a negócios complementares como restaurantes e outros produtos alimentares.

Na perspectiva de um viajante, as vinícolas trazem uma sensação de experiência diferenciada, que concilia a busca pelo turismo de qualidade ao incentivo local de novos recursos econômicos. O enoturismo convida o viajante a desfrutar da história local e de um clima, ora romântico, ora de liberdade, para aqueles que desejam experimentar novas sensações, sabores e aromas.

Desafios do Enoturismo

Muitas vinícolas preferem alocar recursos restritamente para a produção e comercialização de seus vinhos, que sempre foi e será o principal produto de qualquer vinícola.

Desenvolver estruturas e produtos adicionais para receber turistas requer investimento, conhecimentos adicionais, treinamento e tempo. Portanto, além de recurso financeiro, é preciso primeiro que o negócio esteja realmente disposto e comprometido. Aliás, uma experiência turística negativa pode muito bem prejudicar a marca do negócio.

Enquanto houver vinhos, o enoturismo será sempre uma opção

O Enoturismo abriu as portas para educar e conscientizar os consumidores de vinho, valorizar a biodiversidade, cultura local e a vida no campo. A cultura do vinho vai além da garrafa e receber uma visita a vinícola pode ser uma oportunidade para que o produtor se aproxime do seu cliente e mostre que o valor do seu produto não contempla somente a bebida em si, mas toda a sua história, trabalho e anos de dedicação.


COMO PODEMOS TE AJUDAR

Ícone que representa o serviço de consultoria e mentoria de negócios para desenvolvimento do turismo gastronômico

Consultoria & Mentoria

Icon representing the creation of content for gastronomy, food and travel tourism

Criação de Conteúdo

Ícone que representa o serviço de Palestras e Workshops sobre Turismo Gastronômico e de Experiência

Palestras & Workshops

Ícone que representa o serviço de curadoria de experiências de turismo gastronômico

Curadoria de Experiências

Ícone que representa os cursos online de turismo gastronômico e marketing digital para negócios do trade turístico

Cursos Online & Treinamentos

Ícone que representa o serviço de campanhas de marketing e anúncios para marcas de gastronomia e viagem

Anúncios e Campanhas

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments