Pouca gente sabe, mas a batatinha do tiriricão ou tiririca-amarela é um ingrediente e tanto. No Brasil, a junça (tiriricão) é vista como erva daninha, mas pelo mundo afora é um ingrediente valioso, base de diversos preparos deliciosos, como a Orchata de Chufas.

Orchata de Chufas e Fartons
Horchata de Chufas e Fartóns

A Horchata de Chufas é uma bebida vegetal típica da região de Valência na Espanha. Seu principal ingrediente é a chufa, um tubérculo que nasce nas raízes da junça (Cyperus esculentus), em inglês tigernut. Presente na dieta e medicina do Antigo Egito, o consumo da junça se expandiu pelo Norte da África e alcançou a Península Ibérica, onde fica atual Espanha. 

tubérculos da junça para fazer orchata
Tubérculos da Junça

Antes de falarmos sobre a orchata de chufa da Espanha é bom entender que…

Existem muitas orchatas no mundo, mas nem todas são de junça

A palavra orchata (var. horchata, orxata) vem do termo latim “hordeata” que significa água de cevada e serve para descrever uma variedade de bebidas à base de vegetais como grãos, cereais, castanhas e tubérculos. O extrato leitoso desses ingredientes, chamado de leite vegetal, é o que caracteriza uma orchata.

Onde se consome Orchata

Em países da África Ocidental, como a Nigéria, a orchata ou leite de junça é chamada de Kunnu Aya e exerce um forte papel gastro cultural.

Na Espanha, a primeira receita registrada de orchata foi em Valência no século XVIII, e era feita com amêndoas, sementes de melão e pinhões. Mas, há quem diga que muito antes já se consumia uma bebida local chamada llet de xufes (leite de chufa).

Já nas Américas, o tipo mais comum é a horchata de arroz. Esta versão é muito popular no México e faz parte de um grupo de bebidas naturais não alcoólicas, as aguas frescas. Outros países da América Latina também possuem suas versões locais de orchatas que incluem gergelim, sementes de melão, castanhas, e outros ingredientes locais.

quadro que representa a produção de orchata valenciana

Horchata de Chufas Valenciana

A cidade de Alboraia, na província de Valência, é o berço da orchata de chufa espanhola. Aliás, a cidade fica localizada na região valenciana L’Horta Nord que inclui ao todo 16 cidades produtoras de chufa e detentoras do selo Denominação de Origem.

A Orchata Valenciana é produzida com os tubérculos da junça, água e açúcar, também é comum adicionar canela e casca de limão.

A bebida tem um sabor adocicado que remete à nozes, uma delícia! Tradicionalmente servida gelada e acompanhada de fartóns, um tipo de pão doce assado e coberto com açúcar. A dica é mergulhar o fartón na orchata antes de comer.

mergulhando o fartón na orchata

Como fazer orchata de chufas

As batatinhas da junça, depois de colhidas, selecionadas e lavadas, são deixadas de molho, trituradas e maceradas, então, o leite vegetal é extraído. Para finalizar, o líquido é peneirado e adiciona-se açúcar. A temperatura é um fator crítico e o ideal é manter a orchata sempre resfriada.

Segurando um fartón para comer com orchata

Benefícios para a saúde

Localmente conhecida por suas propriedades digestivas e antidiarréicas, a Orchata de Chufa é altamente calórica. Rica em amido, aminoácidos, vitaminas e minerais, também contém gorduras e proteínas não saturadas que contribuem para o controle do colesterol e triglicerídeos.

Esta bebida é perfeita para veganos, dietas sem lactose e sem glúten, mas, requer atenção para diabéticos devido a adição de açúcar. No entanto, você pode sempre ajustar a quantidade de açúcar ao fazer orchata caseira.

Onde provar

placa indicando onde fica a orchatería

Em Valência é possível explorar a Orchata desde o seu plantio até a bebida final. Aliás, visitar as Orchaterías de Valência em Alboraia, do lado das plantações de chufa, é um excelente passeio gastronômico que pode ser feito de várias maneiras, inclusive de bicicleta passeando pelas hortas. Existe também o Museo de la Horchata y la Chufa, que funciona com agendamento prévio e fica próximo de várias hortas e horchaterías de Alboraia.

Horchaterías em Valência

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments