Umbigo de bananeira, coração da bananeira, flor da bananeira, mangará e por aí vai. O umbigo de bananeira é um alimento muito popular em países de clima tropical, principalmente no Sudeste Asiático onde a banana se originou.

No Brasil, seu uso culinário é mais concentrado no interior do estado de Minas Gerais onde é chamado de Mangará. É comum também encontrar o umbigo de bananeira como ingrediente no sul da Índia e em alguns países da África.

O que é o umbigo de bananeira

O umbigo de bananeira é um pêndulo que se forma abaixo do último cacho de banana ainda verde. Possui formato de cone e suas brácteas apresentam uma coloração roxa o que remete a um coração, daí o termo coração da bananeira. O seu miolo é mais esbranquiçada, seu gosto é amargo e a textura é muito parecida com a de um palmito e broto de bambu.

coração da bananeira, flor da bananeira, umbigo de bananeira ou mangará sendo vendido no mercado
O umbigo é conhecido também como coração da bananeira, flor de bananeira e mangará

Apesar do umbigo de bananeira não ser novidade como ingrediente culinário, o seu uso na cozinha tem despertado interesse de muitas pessoas graças à maior conscientização em relação as PANC’s (plantas alimentícias não convencionais) e dietas vegetarianas e veganas.

O consumo de PANC’s é um movimento que valoriza a nossa biodiversidade e ajuda contra o desperdício de alimentos, é ótimo ver chefs e cozinheiros explorando cada vez mais essas plantas em suas receitas.

Quando cortar o umbigo de bananeira

Para retirá-lo da bananeira é preciso aguardar até mais ou menos 15 dias depois que a última penca de banana se abrir. Quando houver uma distância média de 15 centímetros entre o coração e a última penca de banana já é possível cortá-la com mais facilidade. Para isso basta torcer com a mão ou fazer um corte com alguma ferramenta apropriada.

A sua remoção faz com que o cacho de banana absorva mais nutrientes da bananeira fortalecendo o seu crescimento.

Como cozinhar com o umbigo de bananeira

Se você tiver acesso a um pé de banana por perto, não pense duas vezes, aproveite o umbigo de bananeira em sua cozinha. Também é possível encontrar à venda em mercados de produtor, caso contrário, converse na feira com quem está vendendo banana e peça para trazer para te arrumar um coração bem jovem e cheio de vida!

Vamos agora explicar todas as etapas para você cozinhar com o umbigo de bananeira.

Sabia que a folha da bananeira também é utilizada na cozinha? Veja aqui como!

Como aproveitar o umbigo de bananeira na cozinha

Para aproveitar o umbigo de bananeira na sua cozinha, vamos primeiro esclarecer melhor as suas partes.

  • As folhas roxas que envolvem o miolo se chamam brácteas;
  • As flores que ficam presas na haste do coração entre as brácteas possuem 3 componentes:
  1. As sépalas (cálice) – são as folhinhas situadas na base externa das pétalas;
  2. As pétalas da flor;
  3. O pistilo – o componente interno que tem o formato de um pequeno bastão;
  • Após retirar as brácteas você chegará no miolo, ele é mais claro, tenro e lembra um palmito.

Como preparar

Método 1 (mais demorado – muito utilizado na Índia):

  1. Separe uma tigela e adicione água com sal, depois acrescente um pouco de suco de limão ou vinagre. Esta será a sua solução ácida para evitar a oxidação do alimento;
  2. Remova as folhas roxas (brácteas) do exterior do coração e separe caso queira utilizá-las como prato para servir, no contrário descarte;
  3. Siga retirando as brácteas internas de cor mais rosada, mas sem descartar;
  4. Retire as flores que ficam entre as brácteas;
  5. Pegue cada uma das flores, separe as pétalas e coloque-as em uma tigela. As brácteas mais duras e escuras, as sépalas e os pistilos devem ser descartados;
  6. Repita este processo até chegar no miolo;
  7. Descarte a haste;
  8. Faça um corte longitudinal no miolo e pique;
  9. Pique as brácteas rosadas e as pétalas;
  10. Coloque tudo na tigela para não oxidar e retirar o amargor;
  11. Mantenha na água por pelo menos 20-30 minutos;
  12. Ao retirar, enxágue com água fria.

Neste vídeo você pode ver como remover o pistilo e a sépala das flores.

Fonte: Youtube – 7’s Kitchen Channel

Método 2 (mais prático – comum no Brasil e Sudeste Asiático):

  1. Separe uma tigela e adicione água com sal, depois acrescente um pouco de suco de limão ou vinagre. Esta será a sua solução ácida para evitar a oxidação do alimento;
  2. Remova as folhas roxas (brácteas) do exterior do coração e separe caso queira utilizá-las como prato para servir, no contrário descarte;
  3. Pegue cada uma das flores, separe as pétalas e coloque-as em uma tigela. As brácteas mais duras e escuras, as sépalas e os pistilos devem ser descartados;
  4. Quando chegar nas folhas intermediárias de coloração mais rosada, pare de retirá-las e corte o coração de bananeira em fatias bem finas;
  5. Descarte a haste;
  6. Colocar tudo na tigela para não oxidar e retirar o amargor;
  7. Mantenha na água por pelo menos 20-30 minutos;
  8. Ao retirar, enxágue com água fria.

Neste vídeo, o coração é inteiro fatiado ao invés de retirar as folhas e flores até chegar no miolo.

Fonte: Youtube – PrissaJeanBeauty Channel

Pratos e Receitas

Existem diversas formas de cozinhar com o umbigo de bananeira. No Sudeste Asiático é comum consumir em salada, curries e refogados. No Brasil, o umbigo de bananeira é utilizado como recheio em pastéis, quiches e tortas. Um exemplo típico é o pastel de angu de Itabirito, iguaria do interior do estado de Minas Gerais.

Se a sua intenção for comer na salada, dê preferência para um coração mais jovem, pois será menos amargo. Misture o umbigo de bananeira fatiado ou picado com mamão verde e cenoura ralada, chalotas, menta, castanhas, tempere com limão, sal, misture tudo e aproveite!

salada do camboja com umbigo de bananeira também chamado de coração da bananeira
Salada do Camboja

Leave a Reply

avatar